Sete erros praticados por iniciantes

Sete erros praticados por iniciantes

277
SHARE

O surf é um esporte cativante, não é à toa que a cada dia aparecem mais pessoas querendo aprender a surfar. Pode parecer difícil no começo, mas como qualquer esporte é a prática que leva à perfeição.

A prática é o que leva a perfeição. Chloé Calmon. Foto: Reprodução

É muito difícil saber todos os macetes logo de cara. Por isso, todos os surfistas iniciantes acabam cometendo alguns erros que atrapalham seu desempenho.

O iniciante deve prestar atenção no mar e nos surfistas mais experientes. Bruna Schmitz. Foto: Reprodução

O surf é um processo de observação, então acertos e erros fazem parte do seu aprendizado. Por isso, separamos uma lista com os sete erros mais comuns praticados por surfistas iniciantes.

Observar o mar é o primeiro passo. Justine Dupont. Foto: Reprodução
  1. Subestimar o mar

É muito comum após um pouco de prática, achar que é fácil enfrentar a força do mar, mas esse é um erro crucial. O excesso de confiança pode trazer consequências desagradáveis, então é muito importante entender os seus limites físicos, sempre garantindo um surf seguro.

O equipamento certo para o seu nível é fundamental. Julia Camargo. Foto: Reprodução

2. Equipamento

É importante sempre analisar o seu equipamento, para que tenha um melhor desempenho. Talvez seja mais fácil iniciar com uma prancha de maior flutuação, como o Funboard, mas é ideal experimentar e sentir qual o equipamento, no momento, te dará mais performance. Escolher a sua prancha de forma inadequada vai fazer você remar mais e pegar menos onda.

Aliar treinamentos de apneia e natação fazem toda a diferença. Foto: Reprodução

3. Respiração

A respiração no surf pode ser seu maior aliado ou seu pior inimigo. É ela que vai fazer você ter resistência para surfar ou entrar em pânico em algum caldo. Procure aprender alguma técnica de apneia, por exemplo a respiração caixa, para ter mais confiança em si e segurança dentro do mar.

Se posicionar no mar vai garantir o seu desempenho. Tatiana Weston-Webb. Foto: Reprodução

4. Posicionamento

Muitas vezes é a sua posição que vai definir como pegar uma boa onda. É comum para quem está começando, não saber se posicionar direito. Prestar atenção no seu posicionamento dentro do mar, vai te ajudar a pegar mais ondas e otimizar o seu tempo dentro da água.

Remada só se adquire remando, mas treinamento funcional também ajuda. Alessa Quizon. Foto: Reprodução

5. Remada

Existem diversos exercícios para fortalecer a remada, deixando ela muito mais potente e ágil para pegar as melhores ondas. Escolher os exercícios certos para fortalecer a remada é essencial para prevenir lesões e surfar por mais tempo.

O uso do leash é essencial para segurança. Foto: Leonardo Bosco

6. Surfar sem leash

O leash, a famosa cordinha, não foi inventado à toa. O mar é imprevisível e levar uns caldos faz parte. Com o leash você evita não só de ficar nadando atrás da sua prancha, mas também de machucar alguém que esteja por perto. É muito importante usar o leash para sua segurança e a dos outros.

Line up em Teahupoo. Foto: Reprodução

7. Não respeitar o line up

É o local onde os surfistas ficam posicionados para esperar as ondas da série. A pessoa que está mais perto de onde a onda começa a quebrar é o que tem a preferência. Remar nas ondas de outras pessoas, ou não respeitar a ordem de quem está lá esperando por mais tempo te trará uma má fama. Trate os outros como você quer ser tratado. Se quiser pegar a onda da série, espere a sua vez.

*Siga o Portal SurfRoom no Instagram @portalsurfroom

Com informações de Treinamento de Surf Evolutivo